Benefícios que os pets trazem para as crianças

Confira algumas dicas para um convívio harmonioso

Por Marisa De Lucia

Quem tem um pet em casa sabe a alegria que é conviver com estes seres tão especiais e o bem que eles fazem para a nossa vida.

Studio portrait of girl holding dog

Mas e para as crianças? Você sabe todos os benefícios que um animalzinho de estimação pode trazer para elas?

De acordo com pesquisas realizadas pela Universidade de Melbourne, na Austrália, as crianças que tiveram algum tipo de animal até a idade de cinco anos, posteriormente, se tornaram mais resistentes a algumas doenças.

Isto porque, segundo os pesquisadores, o fato de respirar o pó de casinhas de cachorros e até pelos de gatos, desencadeia no organismo uma proteção natural contra o vírus RSV, responsável por diversas infecções e problemas respiratórios.

Quanto aos benefícios que os animais podem trazer às crianças, estes são inúmeros. Confira alguns deles:

Ter mais responsabilidade

O convívio com o animal de estimação faz com que a criança tenha mais responsabilidade. Para isso, peça para ela ajudar a cuidar da limpeza, alimentação e habitat do pet, e também a medicá-lo, quando for necessário.

Aprender a lidar com sentimentos

A convivência com animais de estimação também favorece o desenvolvimento do vínculo afetivo, fazendo com que a criança aprenda a lidar com a frustração, alegria, dor e até mesmo com a morte.

Se relacionar melhor com as pessoas

Convivendo com o pet, a criança aprende a se relacionar melhor com as outras pessoas, pois desenvolve sua capacidade de observação e compreensão e, também, de dar carinho e respeito.

Exercitar-se

Como os cães necessitam de caminhadas diárias, as crianças são estimuladas a caminhar, passear e a brincar com eles fazendo, assim, exercícios físicos.

Melhorar sua saúde

Hoje, as terapias com animais já são comuns, pois promovem não só melhoras físicas como emocionais. Essas terapias têm sido indicadas para pessoas cegas, surdas, autistas e portadoras de Síndrome de Down e de distúrbios comportamentais, entre outras.

Então, é tudo de bom, não é mesmo?

Mas lembre-se de tomar certos cuidados como manter seu pet limpo, vacinado e vermifugado, e deixar bem claro para as crianças que elas não devem puxar o rabo, beliscar e nem bater nele.

É preciso, também, ficar atento quando a criança estiver brincando com o pet e nunca deixá-la sozinha em algum ambiente com ele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s