Cuidados com seu pet no Inverno

Para garantir seu aconchego e preservar sua saúde

Por Marisa De Lucia

O Inverno chegou e tudo indica que este ano teremos dias bem mais frios do que no ano passado.

cachorro-no-frio01

Com a temperatura mais baixa, os pets, principalmente os que têm pelagem curta, sentem frio, assim como nós.

Uma das preocupações é que no Inverno algumas doenças aparecem com maior frequência como espirro, tosse, coriza e alguns pets ficam até mesmo sem apetite.

Outro problema que ocorre no Inverno é que os pets de idade avançada, que apresentam problemas nas articulações como artrose ou, ainda, hérnia de disco, passam a sentir mais dor por causa do frio.

Apesar de surgir em qualquer época do ano, a traqueobronquite, ou “tosse dos canis”, é muito frequente nos meses frios por causa da baixa temperatura.

Causada por vírus e bactérias, essa doença é contagiosa e a transmissão ocorre pelas gotas eliminadas na tosse e espirro de animais contaminados. A denominação “tosse dos canis” surgiu, pois é comum ser transmitida em canis, onde os cães são confinados juntos.

Fique atento aos banhos. Secar o pet com secador, em casa ou no pet shop, e deixá-lo sair logo em seguida para a rua, ou quintal, pode trazer problemas para a sua saúde. O ideal, até mesmo para levá-los passear, é colocar roupinhas neles, protegendo bem todo o corpo.

Se optar por colocar uma roupa no seu pet, no É o Bicho você encontra diversos modelos apropriados para fazer com que ele não sinta frio e, ao mesmo tempo, se sinta confortável!

Evite tosar seu pet no Inverno. Caso haja necessidade, o mantenha com agasalho. Algumas raças, como o São Bernardo e o Husky Siberiano, possuem maior camada de gordura sob a pele e, por isso, são mais resistentes ao frio. Mas os cães de raça pequena e de pelo baixo, com certeza, podem apresentar problemas se não estiverem agasalhados.

Outra medida que deve ser tomada nos dias frios é não deixar o pet no carro. Assim como no Verão o carro vira uma estufa, no Inverno mais parece um freezer.

Todo cuidado é pouco com nosso pet no Inverno!

Fique atento e a qualquer manifestação diferente procure seu veterinário.

Anúncios